top of page
Buscar
  • ETECHN

Segunda edição do tema INDÚSTRIA SEGURA foi sucesso em Joinville| SC

Como as indústrias brasileiras estão conseguindo se adequar as normas?

Entender como as indústrias brasileiras estão conseguindo se adequar as normas de segurança e mostrar as dificuldades encontradas foi o principal objetivo do evento, além de debater sobre os temas abordados.


A cidade de Joinville foi escolhida para sediar a segunda edição do tema INDÚSTRIA SEGURA – SAFETY por possuir o maior polo industrial do Estado de Santa Catarina, consequência de um grande investimento na implantação de indústrias. Além disso, o maior parque com vários setores industriais da América do Sul está situado na cidade, fazendo com que ela esteja entre as mais importantes do Brasil quando o assunto é economia e desenvolvimento industrial - Perini Business Park. A infraestrutura do parque é incrível, circulam diariamente em torno de 10 mil pessoas, tornando o polo um grande gerador de trabalhos formais da cidade de Joinville. O evento aconteceu no dia 15 de junho no Ágora Tech Park que fica localizado dentro do Perini e é um parque tecnológico que tem como principal objetivo ser referência em inovação e tecnologia, contribuindo para o desenvolvimento de cidades inteligentes.


A palestra âncora de abertura “Panorama Geral das Normas Técnicas” foi realizada pelo Sr. Marcio Damelio, que mostrou a atual situação normativa no Brasil, grande desafio para alcançar o patamar de se ter máquinas produtivas e seguras. Uma ótima ajuda é conhecer as especificações legais e normativas.


A empresa Weg abordou o tema “Adequações de Máquinas - NR12”, através do Sr. Eduardo Ramalho. A Norma Regulamentadora NR 12 foi um importante passo para garantir a segurança e a integridade física dos trabalhadores que operam máquinas e equipamentos. A palestra trouxe os seguintes tópicos: A norma NR 12 - Princípios gerais e aplicação; Apreciação de riscos APR; Elaboração de projetos e execução.


A palestra seguinte foi da empresa Norgren, com o tema “NR12 - Segurança no trabalho em máquinas e equipamentos pneumáticos”. Gilberto Silva mostrou os requerimentos de segurança para sistemas pneumáticos e seus componentes, englobando a norma técnica ABNT NBR ISO 4414 e a Norma Regulamentadora NR12. Também foram abordadas as formas para identificação de possíveis perigos, quando são utilizados produtos pneumáticos em máquinas e equipamentos.


Com o tema “Proteções Físicas para Adequação à NR12”, Rogerio Marinho da empresa Belgo, apresentou quais as exigências da norma; Como deve ser construída e projetada uma proteção física; Distâncias de segurança; Qual altura ou distância ao risco devo manter minha proteção; Quais são os benefícios mais percebidos na aquisição das proteções; Projetos específicos de máquinas e equipamentos.



A próxima palestra foi da empresa Ross Controls, que trouxe o tema "Evolução das válvulas de segurança pneumática", Celso Carciofi abordou a evolução das válvulas de segurança pneumáticas, desde o primeiro modelo, até a obtenção da definição do estado da técnica, atingindo o grau da máxima confiabilidade citada nas normas vigentes, soluções para mitigação do perigo em conformidade com a NR12 e ABNT NBR ISO 13849.


A Sick Sensores falou sobre "Como ter uma produtividade segura com adoção das novas tecnologias disponíveis.” Ricardo Simonacci mostrou a importância da correta implementação de um projeto seguro; Os desafios da indústria para incremento de produtividade, sem deixar de lado o que mais importa: a segurança; Novas Tecnologias e Soluções disponíveis para diferentes tipos de tarefa na indústria.


A empresa Euchner abordou o tema "Dispositivos de Intertravamento e a nova norma ABNT NBR ISO 14119”. Paulo Umeda mostrou a definição dos principais dispositivos de intertravamento existente no mercado; Diferentes dispositivos para diversas aplicações; Exemplo de aplicação dos dispositivos de intertravamento e abordou os principais pontos da Norma ABNT NBR ISO 14119.


A última palestra ficou com a empresa Pilz, que trouxe "Novos marcos regulatórios da Segurança Industrial e seus efeitos sobre a Segurança Operacional e Cibernética”. Paulo Fernandes mostrou que em 2021 o Brasil registrou mais de 500 mil acidentes de trabalho com 27% de afastamento. De acordo com o INSS, os gastos previdenciários se aproximam de R$ 90Bi/ano. Em 2010 a NR-12 foi revisada, jogando luz à importância da Automação de Segurança, ajudando a reduzir significativamente os índices de acidentes. O advento da Industria 4.0 também tem sido crucial para o aumento da Segurança Operacional. Ataques cibernéticos a instalações industriais tem sido cada vez mais frequentes, e a comunidade europeia tem estado atenta a esses riscos. Desde 2021 vem trabalhando no texto de uma nova Norma Regulatória em complemento às Diretrizes da IEC 62443.


Logo após as palestras, foi realizado um debate técnico entre os palestrantes e visitantes das indústrias da região.

Serviços

Realização do evento: 15/06/2023

Horário: Das 08h00 às 16h00

Local: Ágora Tech Park (Distrito Industrial Perini) – Joinville/SC








Comentarios


bottom of page